Comportamento Habilidades e Auto-aprimoramento Introversão

3 tendências a evitar se você é um introvertido

3 tendências a evitar se você é um introvertido
Escrito por Marta Leite
Como um introvertido você pode tender a se isolar, a evitar o convívio ou a socializar mais on-line do que pessoalmente. Por que você deve evitar isso?

Quando eu era criança eu sempre fui muito reservada e calada. Minha brincadeira preferida era com livros, mas não me lembro de ter problemas em brincar com as outras crianças e socializar. Os livros eram simplesmente a minha primeira preferência.

Na adolescência a minha preferência continuou sendo um bom livro, do que ir para a balada. Nessa altura minha mãe muitas vezes me incentivava mesmo a sair de casa.

Houve uma época que eu notei em mim alguma dificuldade em socializar ou até uma tendência em evitar estar com as pessoas. Não querer ir aos eventos, ir e desejar sair antes da hora adequada, recusar convites… Às vezes, eu me sentia mal a respeito de mim mesma, mas quando eu descobri que era introvertida percebi a razão da minha preferência. Fiquei aliviada, pois isso era, por assim dizer, o meu “natural”.

“Para estar plenamente vivo, completamente humano e completamente acordado, devemos ser continuamente jogados para fora do ninho.” –Pema Chodron

Eu mudei a minha maneira de atuar e busquei fazer opções com mais equilíbrio. Claro que, de vez em quando, ainda tenho relutância em aceitar determinados convites. Mas penso que ir a eles me fará um enorme bem e também contará positivamente para as minhas relações profissionais.

Alguns introvertidos, ao sentirem dificuldades de socialização ou por desejarem atuar mais dentro da sua própria preferência, podem assumir atitudes como: o isolamento, evitando de conviver até com a família; sentirem-se muito mal pelas poucas habilidades sociais ou passar a socializar mais on-line do que pessoalmente, entre outras.

Se você é um introvertido com alguma das tendências acima citadas, saiba que isso pode prejudicá-lo ainda mais. Eis o por quê.

  1. Sobrevalorizar o convívio

Passar um tempo sozinho e com as pessoas são igualmente importantes. Se você é muito introvertido, você pode subestimar o papel que as pessoas positivas podem desempenhar na sua vida, tais como o conhecimento, a amizade, o crescimento, o riso, e assim por diante. O resultado ideal é encontrar um equilíbrio entre os dois. Você não tem que desistir de atividades introvertidas que você goste. Na verdade, quando você equilibrá-las com mais atividades sociais, você provavelmente vai se tornar ainda mais satisfeito.

2. Habilidades sociais subdesenvolvidas

Habilidades sociais podem ser aprendidas como qualquer outro conjunto de habilidades. Uma razão pela qual os introvertidos coíbem de atividades sociais é que eles não se sentem confortáveis porque eles não sabem o que fazer, especialmente se o inesperado ocorrer. Ser capaz de iniciar uma conversa com um estranho e se sentir completamente confortável fazendo isso é uma habilidade aprendida. Quanto mais você fizer isso mais fácil isso se torna para você. Abrace o fato de que você é um novato, e não se compare com os outros.

3. Supervalorizar socializar on-line

Socialização on-line tem o seu lugar em sua vida, mas é uma pálida sombra em comparação ao cara-a-cara. Voz e linguagem corporal podem comunicar muito mais do que o texto, e laços emocionais são mais fáceis e mais rápidos para estabelecer pessoalmente. Eu me sinto muito mais próxima dos amigos “reais” que conheci há apenas alguns meses do que das pessoas que conheci on-line há anos, mas nunca encontrei pessoalmente. Não há diversão alguma em sair para jantar (ou tomar uma cerveja) com um computador portátil. Você não tem que acabar com a socialização on-line, mas não permita isso se sobreponha ao encontro cara-a-cara. Se fizer isso, vai fazer com que suas habilidades interpessoais fiquem ainda mais para trás.

Caro introvertido, isso é sobre equilíbrio. Observe as suas tendências e seja muito sincero consigo próprio sobre as consequência delas. Se elas não te ajudam, pode mudar e fazer escolhas que lhe dêem mais possibilidades.

 

CURTA TAMBÉM  A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E PARTICIPE DO NOSSO GRUPO:

GRUPO: Grupo Introvertidamente no Facebook.

PÁGINA: Facebook/introvertidamente

E-book Além da Introversão

Pode também fazê-lo preenchendo o formulário a seguir e nos enviando!

 

Se esse artigo lhe foi útil, curta e compartilhe!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Marta Leite

Marta Leite
Eu sou uma mãe, esposa, Life e Business Coach. Cradora do Programa "Além da Introversão". Uma introvertida intuitiva – INFJ - dos Tipos Junguianos. Uma apaixonada, entusiasmada e curiosa pelo Desenvolvimento Humano.

Deixe aqui o seu comentário!

%d bloggers like this: