Bem-Estar Habilidades e Auto-aprimoramento Introversão

As 3 vantagens secretas dos Introvertidos

As 3 vantagens secretas dos Introvertidos
Escrito por Marta Leite
Em uma sociedade extrovertida, ter um temperamento reservado é visto como sendo uma doença que necessita de cura. O que é um desserviço para o temperamento dos introvertidos, e até dos tímidos, que possui grande vantagem evolutiva.

Vivemos num mundo que idealiza a extroversão. Para aqueles de nós nascidos com um temperamento mais silencioso, a sociedade dispensa tratamentos, tanto psicológicos quanto farmacêuticos. Para não mencionar uma crescente variedade de livros de auto-ajuda prometendo aos introvertidos o mais recente e melhor na cura desta doença “mortal”.

Este é um grande desserviço para um temperamento que realmente tem uma vantagem evolutiva. Experiências de biólogos evolucionistas como David Wilson mostraram que a maioria das espécies, incluindo a nossa, são constituídas por “rovers”, aqueles com uma forte afinidade com a novidade e “sitters”, que preferem sentar-se à margem e observar. Sem o primeiro, vamos definhar e morrer. Sem este último, não vamos sobreviver aos perigos que fazem parte da vida.

Nós observamos “assistentes” nas pessoas que conhecemos – aqueles que escutam cuidadosamente, refletem frequentemente e preferem trabalhar na solidão. Nós os chamamos de introvertidos, e às vezes os chamamos de tímidos. Embora exista uma diferença importante entre os dois – um introvertido fica sobrecarregado pela estimulação, enquanto uma pessoa tímida teme o julgamento social negativo – na maioria das vezes eles se sobrepõem. E a razão pode muito bem ser que a avaliação negativa da sociedade dos introvertidos tende a fechá-los e torná-los tímidos.

Isso é um grande desserviço para a humanidade, e não apenas para o terço que se sente vivo e enérgico em ambientes silenciosos. Quando não valorizamos os traços subjacentes a um temperamento de “sitter”, não conseguimos aproveitar sua capacidade de refletir, que pode novamente ter a chave para nossa sobrevivência evolutiva. Como? Leia!

Intelecto e Criatividade

A disposição de considerar eventos, escolhas e circunstâncias antes de se apressar a se envolver com eles levou a algumas das mentes mais intelectuais e criativas de nossa civilização. Charles Darwin, Albert Einstein e John Milton eram todos tímidos e introvertidos. Assim como Steve Wozniak, o outro (desconhecido) fundador da Apple e até mesmo J.K. Rowling de Harry Potter. A capacidade de estar confortável trabalhando em silêncio e solidão produz o tipo de foco essencial para aprender e criar.

Uma Consciência Desenvolvida

Ambos timidez e introversão são sobre estimulação do sistema nervoso simpático através de estímulos sociais externos. No entanto, estudos de desenvolvimento de crianças ansiosas mostram que esse medo leva a um esforço para se encaixar no ambiente social. E, portanto, maiores comportamentos pró-sociais, como empatia e compaixão. Em um mundo cada vez mais interconectado e, ainda assim, carente de um verdadeiro contato humano, esses traços morais precisam ser valorizados pela diferença que podem fazer na vida dos outros. Você já ouviu falar Eleanor Roosevelt como Rosa Parks? Elas eram pessoas dolorosamente tímidas e introvertidas. Mas ambas tinham uma consciência forte que lhes dava a força para defender o que acreditavam.

Um ego tranquilo

Os “sitters”(assistentes) preferem observar os outros antes de agir. E isso desenvolve neles uma vontade de ouvir os outros e ganhar com as suas experiências. Isso dá origem ao que o professor de psicologia e autor Jack Bauer chama de “Quiet Ego” – uma habilidade para rotineiramente recusar o crescente volume de egoísmo e ver o mundo de muitas perspectivas. Nas complexidades de nosso tempo, essa pode ser a maior habilidade que nutrimos para integrar partes diferenciadas de nossa existência e viver como um todo harmonioso. Em muitos aspectos, essa capacidade já está refletindo no crescente desejo de transcender o interesse próprio e deixar uma marca no mundo. Incentivar reflexão calma permitirá que eles reunam o melhor que eles têm para oferecer de volta para o mundo.

Dados os muitos benefícios de uma personalidade tímida ou introvertida, não é hora de aprendermos a apreciá-los entre nós? Não seria suposto nutrir e valorizar o seu valor para que se sintam confortáveis trazendo-o para o mundo?


Traduzido do original de Homaira Kabir – Homaira Kabir é uma Coach de liderança para mulheres. É também terapeuta Cognitivo Comportamental e praticante de Psicologia Positiva. 


Sua introversão tem afetado de alguma forma a sua vida, seja nas suas relações, família ou trabalho?

Gostaria de saber mais sobre a introversão e suas características?

Tem dúvidas ou sugestões?

Escreva-me pois eu posso ajudá-lo. Pergunte-me como enviando um email para introvertidamenteblog@gmail.com.


Esse artigo foi útil para você? Se foi, pode ser para outras pessoas também. Curta, compartilhe, comente e avalie!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Marta Leite

Marta Leite
Eu sou uma mãe, esposa, Life e Business Coach. Uma introvertida intuitiva – INFJ - dos Tipos Junguianos. Uma apaixonada, entusiasmada e curiosa pelo Desenvolvimento Humano.

Deixe aqui o seu comentário!

%d bloggers like this: