Bem-Estar Vida

Introvertidos carregam uma má reputação – por quê?

Introvertidos carregam uma má reputação – por quê?
Escrito por Marta Leite
A introversão é mal definida, o que faz com que os introvertidos recebam alguns nomes ruins. Não são poucos os equívocos que a rodeiam. Esta é, possivelmente, a fonte da sua má reputação. Leia e saiba mais!

Vivemos em uma sociedade que estimula e premia a extroversão ao mesmo tempo em que deprecia e confunde a introversão. Mas, onde estaria a origem desta má reputação? Segundo Arnie Kozak, PhD, autor do livro The Everything Guide to The Introvert Edge os equívocos que permeiam a introversão estão nas próprias definições feitas pela Psicologia. Ele cita o exemplo do manual de Psicologia de  de Henry Gleitman, onde o mesmo afirma: “Para ter certeza, tanto os introvertidos quanto os muitos neuróticos possuem algo em comum; eles são insociáveis e arredios.”

Mas, na visão do psicólogo alemão Hans Eynseck, a falta de sociabilidade de ambos deriva de diferentes raízes. Os introvertidos saudáveis não têm medo de atividades sociais; eles simplesmente não gostam. Em contraste, os neuroticamente tímidos resguardam-se por causa do medo, eles desejam estar com outros, mas têm medo de se juntarem a eles. Uma outra dimensão básica da personalidade introvertida é o neuroticismo ou estabilidade emocional. Pessoas com baixa estabilidade emocional (ou alto neuroticismo) são preocupadas, nervosas, inseguras, e podem ser hipocondríacas. Pessoas com alta estabilidade emocional (e com baixo neuroticismo) são calmas, relaxadas, destemidas e seguras. Como sugerido neste manual, introversão e estabilidade emocional sobrepõem-se.

A Teoria de Hans Eynsenck

A Teoria de Eynsenk consiste em um círculo com duas linhas que se interceptam criando quatro seções. Cada um destes quadrantes correspondem a um dos humores ancestrais.

A estrutura da personalidade, segundo Hans Eysenck

A estrutura da personalidade, segundo Hans Eysenck – Imagem: www.filorbis.pt

  • Se você é extrovertido e estável emocionalmente, você será sociável, amistoso, falador, responsivo, maleável, animado e despreocupado. Isso corresponde ao humor sanguíneo.
  • Se você é introvertido e estável emocionalmente, você será calmo, equânime, confiável, controlado, pacífico, pensativo, cuidadoso e passivo. Isso corresponde ao humor fleumático.
  • Se você é um extrovertido e instável emocionalmente, você será: desconfiado, melindroso, agressivo, inconstante, impulsivo, otimista e pouco fiável. Isso corresponde ao humor colérico.
  • Se você é um introvertido e instável emocionalmente, você será melancólico, ansioso, inflexível, soberbo, pessimista, reservado, insociável e acanhado. Isso corresponde ao humor melancólico.

A definição original parece se referir apenas aos introvertidos e emocionalmente instáveis. Não é verdade que os introvertidos não gostem de atividade sociais, eles apenas experienciam-nas de maneira diferente.

Mitos sobre os introvertidos

Ideias erradas e descaracteriações sobre os introvertidos abundam. Aqui está a lista dos maiores mitos sobre os introvertidos:

  • Eles não gostam de falar;
  • Eles são tímidos;
  • Eles são rudes;
  • Eles não gostam de pessoas;
  • Eles não gostam de estar em público;
  • Eles sempre querem estar sozinhos;
  • Eles são estranhos;
  • Eles são nerds indiferentes;
  • Eles não sabem relaxar e se divertir;
  • Eles podem consertar a si mesmos e se tornar extrovertidos.

Como o próprio Arnie afirma, parte da distorção é confundir os tipos melancólicos e fleumáticos, isto é, introvertidos felizes e introvertidos infelizes. Os introvertidos melancólicos são tímidos e temerosos. Os introvertidos fleumáticos são calmos e pensativos. Extrovertidos podem ser descaracterizados também. O extrovertido feliz é ousado e exuberante, enquanto que o extrovertido infeliz é inquieto e impulsivo. A maior parte das descrições sobre introvertidos não fazem esta distinção. Isto dá uma má ideia sobre introvertidos e extrovertidos por misturar todos ao mesmo tempo. Cada indivíduo será diferente. Qualquer descrição generalista não captará esta individualidade e é, portanto, limitada.

E você, como introvertido, consegue se encaixar em alguma das descrições da Teoria de Hans Eynsenk?


Fonte: The Everything Guide To The Introvert Edge – Maximize The Advantages Of Being An Introvert – At Home And At Work, de Arnie Kozak, PhD. 


Sua introversão tem afetado de alguma forma a sua vida, seja nas suas relações, família ou trabalho?

Gostaria de saber mais sobre a introversão e suas características?

Tem dúvidas ou sugestões?

Escreva-me pois eu posso ajudá-lo. Pergunte-me como enviando um email para introvertidamenteblog@gmail.com.


Esse artigo foi útil para você? Se foi, pode ser para outras pessoas também. Curta, compartilhe e comente!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Marta Leite

Marta Leite
Eu sou uma mãe, esposa, Life e Business Coach. Uma introvertida intuitiva – INFJ - dos Tipos Junguianos. Uma apaixonada, entusiasmada e curiosa pelo Desenvolvimento Humano.

Deixe aqui o seu comentário!

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d bloggers like this: