Bem-Estar Introversão Vida

Por que está ficando difícil para os introvertidos serem aceitos neste mundo?

Por que está ficando difícil para os introvertidos serem aceitos neste mundo?
Escrito por Marta Leite
Os introvertidos sempre foram incompreendidos, e isso tem se tornado ainda mais difícil nos dias de hoje. Quais as razões para isso?

Os introvertidos já tiveram dias melhores e os nossos pais tiveram uma vida bem mais facilitada. Você começava com um casal de amigos do bairro e isso permanecia por todas as fases em que a vida passava por você. Você se limitava em ficar com aqueles poucos amigos. Porque isso é um forte e inquebrável vínculo. Eles não tinham de enfrentar o que enfrentamos hoje.

  1. Já não temos apenas 10 amigos, temos múltiplas listas de amigos e seguidores.

Todo mundo espera que você esteja no Facebook, socializando. Quanto mais amigos você tem, mais chances você tem de ir para o paraíso virtual após a morte. E se por acaso você não está nele, eles olham para você como se você fosse um louco. Pedem-lhe a quantidade de seus seguidores no Twitter e Instagram, como se fosse requisito para uma vida bem sucedida. Pedem-lhe para se juntar ao Snapchat porque essa é a melhor maneira de observar a vida luxuosa dos seus amigos.

  1. Você só é considerado legal ou tem uma opinião, se isso for postado/twittado ou compartilhado.

Se você não estiver ativo o suficiente para estar ao vivo twittando sobre as eleições, criando/compartilhando memes de eventos atuais e comentando nos posts dos outros, você não é considerado engraçado ou espirituoso; você é considerado um pária. Um pária de um mundo que só existe virtualmente.

  1. É a palavra “introvertido” que está começando a defini-lo, e não todas as outras qualidades pelas quais você poderia ter sido conhecido.

Só porque você lê um livro durante o verão em vez de ir para um milhão de baladas, você é taxado. Porque você prefere pensar sozinho, em vez de debater com outros milhões no trabalho. Porque você entra em seu quarto em vez de jogar conversa fora com os seus colegas de apartamento, o seu comportamento é considerado estranho.

  1. Todas as outras praxes, abordagens e atividades devem supostamente ser sobre socialização.

Diretamente da escola para o trabalho, cada ambiente incentiva a socialização e olha com preocupação para aqueles que não seguem as normas. Quer se trate de comer em sua mesa no trabalho, não fofocar durante as aulas ou mesmo ser o “esquisito” em festas. Todo mundo tem um tipo diferente de ambiente no qual eles funcionam melhor. Para extrovertidos é o animado, mas conosco introvertidos, é o mais silencioso. Mas, atualmente, o mais calmo é assumido de alguma forma como sendo velho e chato.

  1. Em uma época onde festas em casa são a nova coqueluche e opiniões são a conversa da moda, você parece distante, reservado.

Estabelecer uma ligação superficial com 10 pessoas em uma festa é mais apreciada do que fazer uma conexão profunda com uma pessoa. Ficar em silêncio é confundido com ser ignorante em vez de observador ou bom ouvinte. Não dançar na frente de uma multidão inteira é ser considerado tenso ao invés de tímido! Então você vai com o fluxo, você participa de festas fingindo para se ajustar, embora esteja o tempo todo a espera de um evento mais moderado.

  1. As pessoas estão se movendo rapidamente e elas não têm tempo para descobrir alguém, apenas para ver o que é mostrado.

Você é levado pelo valor da embalagem, se você fizer uma primeira impressão duradoura, haverá uma segunda. Caso contrário, você vai ser estereotipado. Tudo é sobre a rede, desde as oportunidades de emprego até as amizades. Tudo passa em uma névoa. E o seu potencial come a poeira que deixam para trás.

Então, é hora de mudar a nossa natureza de introvertidos ou as normas da sociedade? Você decide.


Traduzido e adaptado de Why It’s Getting Hard To Be Accepted As An Introvert In This World.


Sua introversão tem afetado de alguma forma a sua vida, seja nas suas relações, família ou trabalho?

Gostaria de saber mais sobre a introversão e suas características?

Tem dúvidas ou sugestões?

Escreva-me pois eu posso ajudá-lo. Pergunte-me como enviando um email para introvertidamenteblog@gmail.com.


Esse artigo foi útil para você? Se foi, pode ser para outras pessoas também. Curta, compartilhe e comente!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Marta Leite

Marta Leite
Eu sou uma mãe, esposa, Life e Business Coach. Uma introvertida intuitiva – INFJ - dos Tipos Junguianos. Uma apaixonada, entusiasmada e curiosa pelo Desenvolvimento Humano.

Deixe aqui o seu comentário!

%d bloggers like this: