Bem-Estar Introversão MBTI

Como cada tipo do MBTI reage ao estresse (e como ajudar!) – ISTJ e ISFJ

Como cada tipo do MBTI reage ao estresse (e como ajudar!) – ISTJ e ISFJ
Escrito por Marta Leite

Todos nós sabemos o que é o estresse, mas a forma como cada um experiencia ele pode ser diferente de acordo com o seu respectivo tipo pelo MBTI. Saiba mais aqui!

Você já ficou tão estressado que se sentiu fora de controle? Você sente que nestes momentos passa a agir de uma maneira que é completamente diferente da habitual? Alguma vez você já tentou ajudar um ente querido que está com estresse, e tudo o que você disse ou fez apenas tornou as coisas ainda piores?

Todo mundo reage ao estresse de forma diferente e precisa de coisas diferentes para se acalmar. O que funciona para você pode não funcionar para seu cônjuge, seu filho ou seus amigos. Aqui esperamos lhe dar algumas maneiras práticas e fáceis de ajudar você e aqueles que você gosta a lidar com o estresse de forma mais eficaz e rápida.

Por se tratar de um conteúdo extenso, ele foi dividido em 4 artigos com dois tipos MBTI cada um. Este é o primeiro com os tipos ISTJ e ISFJ.

ISTJ – O Inspetor
O que estressa um ISTJ:
  • Estar em um ambiente que está em desordem.
  • Prazos finais.
  • Ser forçado ou solicitado a fazer coisas que não fazem sentido para eles.
  • Ser solicitado a fazer algo sem um plano ou direção.
  • Mudanças frequentes.
  • Ter de inovar sem qualquer experiência na qual se apoiar.
  • Ser solicitado a fazer algo espontaneamente.
  • Demasiada extroversão (excesso de contato com as pessoas).
  • Situações emocionalmente carregadas.
  • Arredores não familiares.
  • Lidar muito tempo com conceitos abstratos ou teóricos.

estresse

Quando confrontados com a sobrecarga de estresse, ISTJs podem cair em “modo de catástrofe”, onde eles não conseguem ver outra coisa a não ser todo o potencial do que poderia dar errado. Eles podem se martirizar; repreender-se por coisas que poderiam ter sido feitas de maneira diferente, ou tarefas que eles não conseguiram realizar. Eles perderão sua capacidade de ver as coisas calmamente e razoavelmente, e podem ficar deprimidos com o que veem como um futuro sombrio. Sob estresse crônico, o ISTJ pode cair nas garras de sua função inferior, intuição extrovertida, e se tornar um “dramatizador”. Podem tornar-se intensamente irritados, rígidos no que estão fazendo, exteriormente críticos, pessimistas, e abraçar um medo esmagador do futuro.

Como ajudar um ISTJ que passa por estresse:
  • Dê-lhes bastante espaço.
  • Ouça, e forneça provas de como eles superaram ou fizeram algo bem no passado.
  • Quebre uma tarefa em pedaços gerenciáveis.
  • Não lhes faça elogios generalizados.
  • Coloque as coisas que têm de ser feitas em ordem sequencial.
  • Não faça um brainstorm. Se eles estiverem sob o controle de sua função inferior, intuição extrovertida, brainstorming só vai piorar as coisas.
  • Não lhes dê mais o que fazer. Dê-lhes um tempo das responsabilidades, se possível.
  • Leve-os a sério. Não os trate com condescendência e nem os julgue.
  • Incentive-os a fazer exercício físico (sem parecer insultante).

ISFJ – O Protetor
O que estressa um ISFJ:
  • Esforçar-se excessivamente dizendo “sim” a muitos projetos.
  • Conflitos ou críticas.
  • Falta de feedback positivo.
  • Ambientes cheios de tensão.
  • Prazos finais.
  • Ser solicitado a fazer as coisas de uma forma que não está claramente definida.
  • Ser muito solicitado por ser um tipo que atua constantemente como “o responsável”.
  • Lidar muito tempo com conceitos abstratos ou teóricos.
  • Território desconhecido ou futuro incerto.

estresse

Quando confrontados com o estresse, ISFJs tornam-se desencorajados e deprimidos. Eles começam a imaginar todas as coisas que podem dar errado, e eles podem sentir um forte sentimento de inadequação. Eles podem sentir que tudo está errado, ou que não podem fazer nada direito. Se eles estão em um estado de estresse crônico, eles podem cair para a sua função inferior, intuição extrovertida. Quando isso acontece, eles podem começar a agir completamente fora de script. Eles podem entrar em desacordo com o que está evidenciado pelos fatos e detalhes, eles podem ver tudo tão terrível e sentirem-se “condenados”. Eles podem se tornar retraídos, irritados, irascíveis e pessimistas. Eles provavelmente se sentirão emocionalmente oprimidos e preocupados sobre todos os tipos de horríveis possibilidades.

Como ajudar um ISFJ que experimenta estresse:
  • Dê-lhes espaço ou tempo sozinho para trabalhar através de seus sentimentos.
  • Forneça afirmações e evidências sobre maneiras que eles superaram situações como esta no passado.
  • Ajude-os a quebrar os problemas em peças gerenciáveis.
  • Não faça elogios generalizados. Faça elogios específicos.
  • Coloque um problema ou uma tarefa em ordem sequencial.
  • Não faça um brainstorm. Quando eles estão no modo da intuição extrovertida, isso só vai piorar as coisas.
  • Deixe-os envolver seu sentimento extrovertido auxiliar, lendo materiais relacionados com movimentos pessoais ou espirituais.
  • Incentive-os a fazer algum exercício físico (sem fazê-lo parecer um insulto).
  • Deixe-os falar sobre seus medos irracionais ou sentimentos, e dê-lhes tranquilidade, serenidade e paz de espírito.
  • Leve-os a sério. Não os trate com condescendência e nem os julgue.

Já conhece seu tipo pelo MBTI? Se não, clique aqui para conhecê-lo melhor e fazer um teste!

E-book Além da Introversão


Fonte: How Each Myers-Briggs® Type Reacts to Stress (and How to Help!) – De Susan Storm – Psychology Junkie.


PODE TAMBÉM NOS ENVIAR SUA QUESTÃO ATRAVÉS DO FORMULÁRIO ABAIXO:

GuardarGuardar

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Marta Leite

Marta Leite
Eu sou uma mãe, esposa, Life e Business Coach. Uma introvertida intuitiva – INFJ - dos Tipos Junguianos. Uma apaixonada, entusiasmada e curiosa pelo Desenvolvimento Humano.

Deixe aqui o seu comentário!

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d bloggers like this: