COMO ANDA A SUA AUTOESTIMA – FAÇA UM TESTE E DESCUBRA

Ao contrário do se assume por aí, introversão não tem qualquer relação com baixa autoestima. Mas, para aqueles que são introvertidos e tímidos, a confiança é algo que precisa ser verificado. Como anda a sua?

Como anda a sua autoestima? – Faça um teste e descubra

Vivemos em um mundo onde os extrovertidos são o centro do palco (da maneira que eles gostam). A extroversão é vista como algo a ser aspirado, algo que é encorajado. Os introvertidos, por outro lado, são vistos como tímidos, arredios e com falta de confiança, quando, na verdade, são qualquer coisa, menos isso.

A maioria dos introvertidos achará que eles têm que reunir força para enfrentar ocasiões comerciais e sociais, onde há muitas pessoas, algo que muitas vezes não vem naturalmente. Felizmente, uma vez que se deparam com o conceito de introversão, eles tendem a aceitar sua natureza tranquila. Eles ficam confiantes sobre quem são e continuam a ser introvertidos.

Mas para alguns introvertidos, os problemas de confiança correm um pouco mais fundo, particularmente para aqueles que são tanto introvertidos quanto tímidos. Para começar a saber como anda a sua pontuação em autoestima, aqui vai um teste para que possa verificar como anda a sua.

Use a Escala de Autoestima Rosenberg para ajudá-lo a medir seu nível de autoestima

Abaixo está a Escala de Autoestima de Rosenberg que foi desenhada por Morris Rosenberg em 1965. É a ferramenta mais popular e mais utilizada para medir a autoestima.

Como usar a escala de autoestima de Rosenberg?

Seria uma boa ideia imprimir essa página (você pode fazer isso clicando no botão Imprimir em seu navegador)

Para cada declaração, escreva CP (concordo plenamente), C (concordo), D (discordo), DP (discordo plenamente).

1. No geral, estou satisfeito comigo mesmo

2. Às vezes, acho que não sou nada bom.

3. Sinto que tenho várias qualidades boas.

4. Sou capaz de fazer coisas tão bem quanto a maioria das outras pessoas.

5. Sinto que não tenho muito do que me orgulhar.

6. Eu certamente me sinto inútil às vezes.

7. Eu sinto que sou uma pessoa de valor, pelo menos em um plano igual aos outros.

8. Eu gostaria de ter mais respeito por mim mesmo.

9. De modo geral, estou inclinado a achar que sou um fracasso.

10. Tenho uma atitude positiva em relação a mim mesmo.

Como calcular sua pontuação para a escala de autoestima de Rosenberg

É assim que as pontuações são calculadas:

Para as afirmações 1, 3, 4, 7 e 10 some os seguintes pontos: Concordo totalmente = 3, Concordo = 2, Discordo = 1, Discordo totalmente = 0.

Para as afirmações 2, 5, 6, 8, 9, some os seguintes pontos: Concordo Totalmente = 0, Concordo = 1, Discordo = 2, Discordo totalmente = 3.

O alcance das pontuações é de 0 a 30. Se você marcou entre 15 e 25, sua autoestima é muito boa. Se você classificou abaixo de 15, sugere que você possa ter baixa autoestima

Se é introvertido e se identifica com a baixa autoestima, temos um curso que foi pensado para você

Confiança é crucial para uma vida feliz e realizada. Dela dependem o nosso sucesso no trabalho, na vida familiar, nas relações e até nas atividades de lazer. E como introvertidos, a nossa personalidade, as nossas experiências de vida, nossos pensamentos, as nossas circunstâncias sociais, as reações dos outros as comparações do eu com os outros são alguns fatores que podem minar a nossa autoimagem.

Reclamar o nosso poder pessoal requer que tenhamos uma autoimagem que reflita nossas qualidades, valores e talentos únicos. Como introvertido, a sua auto-imagem vem sendo distorcida por um longo tempo. Você precisa restaurar ela. E este curso lhe proporcionará exatamente as ferramentas de que você necessita para isso.

Para saber mais, clique no link abaixo!

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardarGuardarGuardar

GuardarGuardar

Quer compreender mais acerca de si mesmo?

Clique aqui para baixar GRATUITAMENTE  agora mesmo o seu e-Book!

A sua introversão traz algum tipo de bloqueio para a sua vida pessoal ou profissional?

Eu sou uma Humanistic Professional Coach IHCOS®, e eu ajudo introvertidos, criativos, e pensadores profundos auxiliando-os a conhecerem a si mesmos, desenvolverem autoestima, capitalizarem as suas forças pessoais e aprenderem  a como florescer em uma cultura amplamente extrovertida. Clique aqui para saber mais!

Gostou do que você está lendo? Assine aqui a nossa newsletter exclusiva.

Não enviamos spams.