Bem-Estar Introversão MBTI

Como cada tipo do MBTI reage ao estresse (e como ajudar!) – INFP e INFJ

Como cada tipo do MBTI reage ao estresse (e como ajudar!) – INFP e INFJ
Escrito por Marta Leite

Todos nós sabemos o que é o estresse, mas a forma como cada um experiencia ele pode ser diferente de acordo com o seu respectivo tipo pelo MBTI. Dando prosseguimento à série, agora para os tipos INFP e INFJ. Saiba mais aqui!

Você já ficou tão estressado que se sentiu fora de controle? Você sente que nestes momentos passa a agir de uma maneira que é completamente diferente da habitual? Alguma vez você já tentou ajudar um ente querido que está com estresse, e tudo o que você disse ou fez apenas tornou as coisas ainda piores?

Todo mundo reage ao estresse de forma diferente e precisa de coisas diferentes para se acalmar. O que funciona para você pode não funcionar para seu cônjuge, seu filho ou seus amigos. Aqui esperamos lhe dar algumas maneiras práticas e fáceis de ajudar você e aqueles que você gosta a lidar com o estresse de forma mais eficaz e rápida.

INFP – O Curador
O que estressa um INFP:
  • Rigidez nas regras e cronogramas.
  • Ter os valores violados.
  • Não ter tempo suficiente sozinho. Muita extroversão.
  • Muitas demandas em seu tempo.
  • Conversa fiada.
  • A falta de autenticidade dos outros.
  • Ter sua criatividade sufocada.
  • Ter que se concentrar muito em detalhes sensoriais / concretos.
  • Crítica ou confronto.
  • Temor de que eles possam perder alguém ou algo (relacionamento / tarefa, etc., …).

Quando sob estresse, um INFP se perde em turbulência interna. Eles se sentem presos entre agradar os outros e manter sua própria integridade e cuidar do seu bem-estar. Sua tendência natural de se identificar com os outros, agravada com suas tendências auto-sacrificiais, deixa-os confusos sobre quem são realmente. Eles se sentem perdidos e perplexos durante os momentos estressantes; e, como o estresse surge, eles podem cair no controle de sua função inferior, pensamento extravertido. Quando isso acontece, eles farão coisas que normalmente não são parte de seu caráter. Eles podem ficar obcecados com a resolução de problemas percebidos e em corrigir erros. Eles podem despertar pensamentos hostis ou se envolverem em fantasias destrutivas direcionadas a qualquer pessoa disponível. Eles também podem ter sarcasmo mordaz e cinismo. Eles podem se tornar agressivamente críticos para os outros e para si mesmos, abordando todos os “fatos” necessários para suportar sua sensação de fracasso.

Como ajudar um INFP com estresse:
  • Dê-lhes espaço e tempo sozinhos para resolver seus sentimentos.
  • Valide seus sentimentos.
  • Lembre-os de seus pontos fortes.
  • Não lhes dê conselhos. Isso só resultará pior.
  • Deixe que eles “fujam” de tudo.
  • O exercício pode ajudar. No entanto, com estes tipos, é melhor não sugeri-lo quando estão estressados, mas depois, como uma solução.
  • Perdoe-os se tiverem sido excessivamente críticos enquanto estiverem estressados.
  • Deixe que eles trabalhem em um projeto que eles estiveram interessados, mas talvez tenham estado ocupados demais para gastar o tempo com isso.
INFJ – O Conselheiro
O que estressa um INFJ:
  • Ter que se concentrar demais em detalhes sensoriais / concretos.
  • Sobrecarga de estimulação sensorial ou ruído.
  • Interrupções.
  • Atribulação dentro de um relacionamento próximo.
  • Violar seus valores.
  • Não ter suficiente tempo sozinho. Muita extroversão.
  • Trabalhar com pessoas fechadas.
  • Falta de apreciação ou compreensão.
  • Ambientes desconhecidos com quantidades esmagadoras de detalhes.
  • Ter planos interrompidos.
  • Não ter uma direção clara.
  • Falta de harmonia.
  • Crítica e conflito.
  • Não ser capaz de usar sua intuição ou imaginar o futuro.
  • Ter que se concentrar muito no presente.

Quando sob estresse, o INFJ se sente fragmentado ou perdido. Eles sentem que não podem ser eles mesmos e sentem vontade de agir para “sobreviver” ou se encaixar. Essa desassociação pode causar sintomas físicos para o INFJ, como dores de cabeça, Síndrome do Cólon Irritável ou náuseas. Os sentimentos reprimidos que eles estão segurando podem fazer com que eles se tornem imobilizados. Se eles estão sob estresse extremo crônico, eles podem cair no controle de sua função inferior, sensação extravertida. Quando isso acontece, eles podem se envolver em hábitos indulgentes, autodestrutivos, como compulsão alimentar, assistir muita televisão, se exercitar demais ou beber demais. Isso geralmente parece como uma experiência fora do corpo para eles. O que eles fazem não oferece prazer, mais parece algo robótico e fora de controle. Depois disso, eles caem em auto-ódio, ficando ainda com mais culpa pelo que eles fizeram. Eles podem se tornar invulgarmente irritados e temperamentais, ilógicos e irracionais. Eles podem ficar obcecados com detalhes em seu mundo exterior; obsessivamente limpando ou fazendo tarefas domésticas. Eles tropeçam sobre suas palavras, e seus sentimentos intensos podem eventualmente levá-los a um estado de completa exaustão.

Como ajudar um INFJ experimentando estresse:
  • Dê-lhes espaço.
  • Reduzir a estimulação sensorial; música, interrupções, TV, etc.
  • Deixe-os expressar seus pensamentos e sentimentos.
  • Compreenda que podem ser irracionais. Não os julgue.
  • Não dê conselhos. Isso só irá estressá-los ainda mais.
  • Deixe-os tirar uma pausa de algumas de suas responsabilidades
  • Incentive-os a passar algum tempo na natureza, andando ou lendo um livro.
  • Faça uma caminhada com eles se quiserem companhia.
  • Incentive seu lado menos sério, e deixe-os aliviar a tensão emocional, deixando-os chorar através de um filme ou romance de algum tipo.
  • Perdoe se eles foram excessivamente agressivos ou críticos enquanto estiverem sob estresse. As possibilidades são de que eles se sentirão muito culpados.

Já conhece seu tipo pelo MBTI? Se não, clique aqui para conhecê-lo melhor e fazer um teste!


Fonte: How Each Myers-Briggs® Type Reacts to Stress (and How to Help!) – De Susan Storm – Psychology Junkie.


info

PODE TAMBÉM NOS ENVIAR SUA QUESTÃO ATRAVÉS DO FORMULÁRIO ABAIXO:

Esse artigo foi útil para você? Se foi, pode ser para outras pessoas também. Curta, compartilhe, comente e avalie!

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Marta Leite

Marta Leite
Eu sou uma mãe, esposa, Life e Business Coach. Cradora do Programa “Além da Introversão”. Uma introvertida intuitiva – INFJ – dos Tipos Junguianos. Uma apaixonada, entusiasmada e curiosa pelo Desenvolvimento Humano.

Deixe aqui o seu comentário!

%d bloggers like this: