Comportamento MBTI

Como o tipo de personalidade INFJ socializa em 4 configurações diferentes

Como o tipo de personalidade INFJ socializa em 4 configurações diferentes
Escrito por Marta Leite

INFJs são um tipo MBTI que socializa de formas diferentes de acordo com a configuração do ambiente. É um INFJ? Saiba mais sobre o seu estilo de socialização lendo o nosso artigo.

INFJs são um grupo complicado em um ambiente social. Por um lado, somos introvertidos, grandes reuniões podem nos fazer sentir desconfortáveis, e precisamos de tempo para descomprimir. Por outro lado, somos ajudadores empáticos, então adoramos a interação humana e ouvimos as pessoas. Veja como os INFJs se socializam dependendo das circunstâncias e do número de pessoas presentes. Embora eu não possa falar por cada tipo de personalidade INFJ, acredito que essas observações são geralmente verdadeiras.

(Qual é o seu tipo de personalidade? Clique aqui para saber mais!)
Multidões

Você já assistiu a um filme em uma sala de cinema lotada? Já participou de uma conferência de lançamento de um video game em uma sala cheia de pessoas se acotovelando uns aos outros? Você já gritou “mais um!” quando a sua banda preferida tocava a última nota em um show? Eu sim!

Você pode pensar que essas multidões são a perdição da existência de um introvertido. Porém, muitos INFJs realmente desfrutam de multidões onde não necessariamente precisam interagir com outras pessoas. Por exemplo: convenções, concertos, teatros, cinemas ou campus universitários. Estes são ambientes infecciosos e de alta energia que ainda nos permitem estar em nossos mundos interiores ricos. Como empáticos, podemos assumir as emoções carregadas da multidão. Pode não parecer uma coisa boa se o humor geral estiver triste ou irritado, mas mesmo isso pode ser catártico.

Nós também gostamos de nos sentir parte de algo maior do que nós mesmos e contribuir para o movimento, mesmo que seja pequeno. Vamos começar uma série de palmas ou iniciar a onda em um jogo? Provavelmente não, mas certamente nos juntaremos. O torcedor seria significativamente mais silencioso se não adicionássemos nossa voz a ele? Talvez não, mas é divertido e refrescante para nós nos expressar aberta e cegamente, especialmente se ninguém nos notar.

Grandes grupos e festas

Numa festa formal que eu estive no ano passado, houve uma mulher com problemas de relacionamento. O seu companheiro de festa desapareceu com uma garota bonita que acabara de conhecer. Ela contou a vários de nós sobre sua situação, e mais pessoas entraram na conversa. No final da noite, havia cerca de oito pessoas oferecendo conselhos, conforto e abraços para esta mulher. Sentei-me silenciosamente e só fiz um comentário o tempo todo.

Se você está procurando por nós para dar a nossa opinião sincera e isenta em um grupo de pessoas estranhas, provavelmente não vamos fazê-lo. Não é porque falta-nos a convicção ou as ferramentas para defender nosso ponto de vista, nem porque não podemos lidar com críticas ou desentendimentos. Pelo contrário, os INFJs tendem a ter opiniões fortes sobre muitas coisas, mas somos cuidadosos com o que dizemos. Não somos lentos; nós simplesmente gostamos de aprofundar e ter todos os nossos pensamentos reunidos antes de abrir a boca, e até então, a conversa pode  já ter ganho um rumo diferente.

Quanto mais pessoas se apresentam, mais rápida se movimenta uma conversa, e às vezes você precisa interromper as pessoas ou quebrar um breve silêncio para obter uma palavra. Não está em um INFJ ser forte em um grupo. Normalmente, as únicas vezes que não somos fala-solta é quando estamos em torno de pessoas que conhecemos intimamente, ou quando estamos defendendo alguém que amamos.

Em uma festa, se não estamos falando muito ao redor de pessoas novas, isso não significa que estamos tristes ou não temos nada a dizer. Às vezes, estamos apenas observando, e, sendo introvertidos, nossas mentes provavelmente estão correndo uma milha por minuto. Se você perceber que estamos sentados sozinhos, sinta-se livre para nos envolver um-a-um, mas não se surpreenda se ficamos calados quando pessoas adicionais se envolvem na conversa.

Pequenos grupos

Pequenos grupos de três a cinco pessoas são interessantes porque revelam os detalhes da socialização introvertida. Se conhecemos todos em um grupo pequeno, provavelmente não há problemas. Por “conhecer”, quero dizer alguém que conhecemos e falamos em algumas ocasiões. Eles não precisam ser nossos melhores amigos, e não precisamos falar com eles um-a-um antes, mas isso definitivamente ajuda. A razão é simples: não precisamos mais analisar essas pessoas. Portanto, elas não são mais uma fonte de angústia em que a nossa introversão está em causa. É a novidade que nos afeta, não as próprias pessoas. Ainda seremos mais silenciosos do que seríamos se estivéssemos falando apenas com uma pessoa. Mas não estaremos completamente silenciosos ou sobrecarregados.

Nosso lado extrovertido diminui à medida que o número de pessoas que não conhecemos aumenta. INFJs são tipicamente considerados os mais extrovertidos dos introvertidos. Mas aqui está uma grande diferença: a energia é facilmente acessível para os extrovertidos porque eles a obtêm quando eles falam com alguém. Mas quando um INFJ conhece alguém novo, temos que deixar nossa intuição entrar em suas emoções e processar suas características e peculiaridades antes que possamos obter essa energia. Nós também aprendemos muito assistindo e ouvindo-os interagir com os outros. Esta é uma maneira de proteger nossos corações e uma das razões pelas quais podemos parecer misteriosos ou desinteressados. Não se deixe enganar: estamos prestando atenção, especialmente se você nos intrigar.

Um-a-um

Não é segredo que preferimos a interação um-a-um acima de tudo. Isso nos permite envolver-nos com temas mais inspiradores e envolventes, e falar sobre tópicos que são normalmente fora de limites em uma configuração de grupo. Se você tiver a sorte de encontrar um tópico sobre o qual nos apaixonemos, iremos conversando enquanto você parecer genuinamente interessado na conversa. Também gostamos de ajudar os outros a se tornarem a melhor versão de si mesmos, por isso pedir conselhos é uma das formas mais seguras para nossos corações INFJ.

Se você é novo em bate-papos individuais com um INFJ, você deve saber que não fazemos perguntas a menos que realmente desejemos saber a resposta. Nós não perguntamos como você é ou o que é porque é educado. O fazemos porque nos importa como você se sente e por quê. Não vamos julgá-lo ou olhar para você como se estivesse louco se você se lançar em uma sessão de desabafo. Nós vamos ouvir.

Também sabemos que nossas mentes estão sempre em movimento, mesmo durante os lapsos na conversa. Não se surpreenda se dissermos algo aparentemente fora do contexto. O que provavelmente aconteceu é que seu último comentário nos lembrou as férias de verão, o que nos fez pensar no cachorro que vimos jogando na praia, o que nos levou a perguntar qual era a sua raça de cães favorito, mesmo que não tivesse nada a ver sobre o que estávamos falando.

Finalmente…

Se você nos fizer uma pergunta profunda – algo filosófico, político, antropológico, etc. – saiba que talvez precisemos de tempo para responder. Você pode pensar que somos densos ou insensíveis, mas o que realmente está acontecendo é que estamos descobrindo o que realmente pensamos antes de lançar bobagens ou colocar nossa confusa sucessão de pensamentos aos seus pés. Queremos ter certeza de nossas convicções, e queremos dar-lhe uma resposta com substância.

Eu sei que os INFJs podem parecer um mistério, embrulhado em uma contradição, dentro de um enigma, mas não tentamos deixá-lo confuso de propósito. Basta lembrar que nós recebemos energia de outras pessoas, mas temos que equilibrar nossa produção e ingestão com cuidado. Como todos os outros, estamos apenas tentando obter um retorno sobre nosso capital social. Assim sendo, provavelmente não o esgotaremos em grandes grupos ou em relacionamentos de conveniência.

CURTA TAMBÉM  A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E PARTICIPE DO NOSSO GRUPO:
GRUPO: Grupo Introvertidamente no Facebook.
PÁGINA: Facebook/introvertidamente

Este artigo foi traduzido e adaptado de: HOW THE INFJ PERSONALITY TYPE SOCIALIZES IN 4 DIFFERENT SETTINGS – em introvertdear.com


Quer receber as nossas atualizações? Assine a nossa newsletter:

Introvertidamente

Pode também fazê-lo através do formulário abaixo:

 

GuardarGuardar

GuardarGuardar

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Marta Leite

Marta Leite
Eu sou uma mãe, esposa, Life e Business Coach. Cradora do Programa “Além da Introversão”. Uma introvertida intuitiva – INFJ – dos Tipos Junguianos. Uma apaixonada, entusiasmada e curiosa pelo Desenvolvimento Humano.

Deixe aqui o seu comentário!

%d bloggers like this: