Como são as preferência extroversão / introversão segundo Isabel Myers Briggs

Como são as preferências extroversão/introversão segundo Isabel Myers Briggs

Como se distiguem as preferências extroversão / introversão de acordo com a criadora do Inventário de Personalidades MBTI, Isabel Briggs Myers?

Não é possível falar sobre introversão sem falar sobre Isabel Briggs Myers e o seu Inventário de Personalidade MBTI. Juntamente com a sua mãe, Katharine Cook Briggs, no início da segunda Guerra Mundial, desenvolveu o Myers-Briggs Type Indicator (MBTI). Seu filho, Peter B. Myers, continua o trabalho de pesquisa sobre o desenvolvimento e a aplicação do tipo de personalidade.

Gifts Differing: Understanding Personality Type é um livro escrito por Isabel Briggs Myers com Peter B. Myers, que descreve os insights sobre o modelo de tipo psicológico originalmente desenvolvido por C.G. Jung foi adaptado e corporificado no teste de personalidade Myers-Briggs Type Indicator (MBTI).

O livro explica as muitas aplicações práticas deste modelo tipológico [1] usando quatro categorias de diferenças de tipos psicológicos:

  • Extroversão / Introversão;
  • Sensação / Intuição;
  • Pensamento / Sentimento;
  • Julgamento / Percepção.

O livro também sugere como combinações diferentes dessas características tendem a influenciar as maneiras pelas quais as pessoas percebem o mundo e como elas reagem e interagem com ele. As tabelas de tipos mostram como as preferências de tipo tendem a se correlacionar com os interesses ocupacionais. Os perfis dos dezesseis tipos também sugerem como as pessoas de cada tipo tendem a agir e se relacionar com pessoas com outras dinâmicas de tipo.

Aqui está de forma resumida quais são os principais efeitos das preferências extroversão/introversão do livro de Isabel Briggs Myers, Gifts Differing.

Efeitos da preferência EI

A conduta dos extrovertidos é baseada na situação externa. Se são tipos Pensadores, tendem a criticá-la, analisá-la ou organizá-la. Os tipos do Sentimento podem defendê-la; protestar contra ela; ou tentar imaginá-la. Os tipos da Sensação podem apreciá-la. E os tipos Intuitivos tendem a tentar mudá-la. Em qualquer caso, tipos extrovertidos começam com as situações externas.

Os introvertidos, no entanto, começam mais atrás – com as ideias internas, os conceitos mentais, derivados do que Jung chama de arquétipos. A teoria dos tipos sustenta que os arquétipos são inatos em todos nós. Eles não têm sua origem em nossa própria experiência, embora a experiência pessoal possa ativá-los. Eles são a assertiva abstrata da experiência e aspiração da humanidade. Eles são os universais, a forma do pensamento, que trazem padrão e significado para fora da multiplicidade da vida.

Abaixo estão os contrastes resultantes das preferências Extroversão / Introversão.

TIPOS EXTROVERTIDOS

Os pensadores a posteriori. Não conseguem entender a vida até que eles a tenham vivido.

TIPOS INTROVERTIDOS

Os pensadores a priori. Não podem viver a vida até que eles a entendam.

Atitude relaxada e confiante. Eles esperam que as águas se revelem superficiais e mergulham prontamente em experiências novas e ainda não vividas.

Atitude reservada e questionadora. Eles esperam que as águas se revelem profundas, e pausam para fazer sondagens no novo e ainda não experienciado.

Mente dirigida externamente, interesse e atenção seguindo acontecimentos objetivos, principalmente aqueles do ambiente imediato. Seu mundo real, portanto, é o mundo exterior das pessoas e das coisas.

Mente dirigida internamente, frequentemente inconsciente do ambiente objetivo, interesse e atenção sendo monopolizados por eventos internos. Seu mundo real, portanto, é o mundo interior das ideias concepções.

Os gênios civilizadores, as pessoas de ação e realização prática, que vão do fazer para as considerações, e de volta ao fazer.

Os gênios culturais, as pessoas de ideias e invenções abstratas, que vão das considerações para o fazer e de volta para as considerações.

A conduta em assuntos essenciais é sempre governada por condições objetivas.

A conduta em assuntos essenciais é sempre governada por condições subjetivas.

Gastam-se prodigamente com reivindicações e condições externas que para eles é o que constitui a vida.

Defendem-se, tanto quanto possível, contra reivindicações e condições externas em favor da vida interior.

Compreensível e acessível, muitas vezes sociável, mais à vontade no mundo das pessoas e das coisas do que no mundo das ideias.

Sutil e impenetrável, muitas vezes taciturno e tímido, mais à vontade no mundo das ideias do que no mundo das pessoas e das coisas.

Expansivo e menos apaixonado, eles descarregam suas emoções à medida que avançam.

Intensos e apaixonados, eles contém suas emoções e as guardam cuidadosamente como explosivos.

A fraqueza típica está em uma tendência à superficialidade intelectual, muito visível em tipos extrovertidos extremos.

A fraqueza típica está na tendência à impraticabilidade, muito visível em tipos introvertidos extremos.

A saúde e a integridade dependem do desenvolvimento razoável da introversão de equilíbrio.

A saúde e a integridade dependem do desenvolvimento razoável da extroversão de equilíbrio.

A sua introversão traz algum tipo de bloqueio para a sua vida pessoal ou profissional?

Eu sou uma Humanistic Professional Coach IHCOS®, e eu ajudo introvertidos, criativos, e pensadores profundos auxiliando-os a conhecerem a si mesmos, desenvolverem autoestima, capitalizarem as suas forças pessoais e aprenderem  a como florescer em uma cultura amplamente extrovertida. Clique aqui para saber mais!

Gosta do nosso conteúdo?

Assine agora e receba mensalmente as atualizações do nosso site!

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Nós não negociamos endereços de email! Você poderá sempre cancelar a sua subscrição!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe aqui o seu comentário!