A ciência por trás da dificuldade dos Introvertidos colocarem seus pensamentos em palavras

Sabe aquele famoso “branco” na hora de falar que é típico da maioria de nós introvertidos? A ciência tem a explicação, e aqui está ela.

A ciência por trás da dificuldade dos Introvertidos colocarem seus pensamentos em palavras

Muitos dos introvertidos que participam no nosso grupo no Facebook constantemente relatam as suas dificuldades e frustrações quando tentam colocar em palavras os seus pensamentos, seja na hora de responder uma pergunta na sala de aula, ou participar em uma conversa de grupo. No meu último vídeo, eu relatei um episódio em que no meio de uma reunião de trabalho, ao tentar explicar a minha ideia para solucionar um problema no trabalho, eu simplesmente não consegui encontrar as palavras para que a minha ideia pudesse ser verbalizada um mínimo compreensível tanto quanto estava na minha cabeça.

Como introvertidos, essa é uma experiência bem comum para a grande maioria de nós. Mas a verdade é que existe uma razão científica para o fato disso ser tão difícil para nós introvertidos. Jenn Granemman, autora do livro A Vida Secreta dos Introvertidos: Dentro do Nosso Mundo Escondido, fornece uma explicação para isso em um artigo que eu traduzi especialmente aqui para o blog. Aqui vai.

Por que os introvertidos lutam com a recuperação de palavras?

Tentar pensar exatamente nas palavras certas a dizer é chamado de “recuperação de palavras”. E isso pode ser difícil para os introvertidos. Em situações sociais, isso pode se traduzir em não sermos capazes de acompanhar os extrovertidos de fala rápida. No trabalho, podemos sair soando como se não soubéssemos sobre o que estamos falando, mesmo quando o fazemos. Na sala de aula, podemos evitar levantar a mão, porque sabemos que será difícil colocar nossos pensamentos em palavras enquanto nossos colegas de classe nos olham.

Uma razão pela qual a recuperação de palavras pode ser difícil para os introvertidos é que processamos informações profundamente. Nós mastigamos ideias, revirando-as repetidamente, analisando-as de todos os ângulos. Quando você reflete em algo, até mesmo algo tão simples como, O que devo comer no jantar? é difícil falar. Introvertidos não pensam em voz alta como muitos extrovertidos fazem. Nós fazemos nosso processamento internamente.

Outra razão tem a ver com a memória de longo prazo, escreve a Dra. Marti Olsen Laney em  The Introvert Advantage. As informações armazenadas na memória de longo prazo estão principalmente fora da nossa percepção consciente . Como o nome soa, a memória de longo prazo contém informações que são retidas por longos períodos de tempo; em teoria, é salvo indefinidamente. Algumas dessas informações são de fácil acesso, enquanto outras memórias são mais difíceis de serem lembradas. Por exemplo, você se lembra como foi seu primeiro dia no jardim de infância?

Compare isso com a memória de trabalho  (às vezes chamada de memória de curto prazo ou ativa), que é limitada e retém informações por meros segundos. A memória de trabalho coloca informações na ponta da sua língua. É fácil de acessar, mas você não mantém as informações por muito tempo, a menos que você as mova para a memória de longo prazo.

Curiosamente, escreve Laney, os introvertidos tendem a favorecer a memória de longo prazo em vez da memória de trabalho(ou de curti prazo). E, assim como o nome soa, pode levar mais tempo para acessar a memória de longo prazo e acessar as informações armazenadas lá. A associação certa, ou chave, é necessária para “puxar” as informações que você está tentando lembrar – algo que lembra a memória armazenada. Por exemplo, se você tentou se lembrar do seu primeiro dia de jardim de infância, talvez tenha olhado ao redor da sala e notado um par de tênis. Isso fez com que você se lembrasse dos tênis que usava quando criança, o que por sua vez lembrava que alguém derramou leite em seus sapatos no primeiro dia do jardim de infância. BAM , de repente você se lembra mais daquele dia.

Alcançar a memória de longo prazo pode ser um processo demorado e complexo. Isso retarda os introvertidos quando estamos falando.

E, se você estiver com o menor grau de ansiedade quando estiver tentando falar pode ser ainda mais difícil localizar e articular as palavras certas. Nem todos os introvertidos têm ansiedade social ou são tímidos, mas não é incomum que um introvertido experimente pelo menos algum nível de ansiedade em uma situação social. A ansiedade é mentalmente desgastante e pode dificultar a recordação de informações. Isso porque o cortisol, hormônio do estresse, é liberado em grandes quantidades durante períodos de ansiedade. O cortisol afeta o cérebro e pode levar à perda de memória e a problemas de memória.

Quer compreender mais acerca de si mesmo? Preencha os seus dados e receba agora mesmo o seu eBook!

* indicates required

Por que escrever é mais fácil para introvertidos

Os introvertidos “muitas vezes sentem que se expressam melhor por escrito do que por conversas”, escreve Susan Cain em Quiet . E, de fato, muitos introvertidos são autores. John Green, autor de A Culpa é das Estrelas, escreve: “Escrever é algo que você faz sozinho. É uma profissão para os introvertidos que querem contar uma história, mas não querem fazer contato visual enquanto fazem isso.”

Embora nem todos os introvertidos se tornem escritores profissionais, eles geralmente preferem mensagens de texto e e-mails a chamadas telefônicas e reuniões presenciais. Da mesma forma, muitos introvertidos dizem que um diário ajuda-os a  entender melhor seus pensamentos e sentimentos. A razão para essa preferência novamente tem a ver com a forma como nossos cérebros são conectados: palavras escritas usam caminhos diferentes no cérebro, que parecem fluir mais fluentemente para os introvertidos, escreve Laney.

O que fazer quando sua mente fica em branco

A memória é complexa. Ele usa muitas áreas diferentes do cérebro. Seu cérebro armazena memórias em vários locais e cria ligações entre eles. Para tirar algo da memória de longo prazo, você precisa localizar a associação certa. A boa notícia é que a maioria das informações na memória de longo prazo está armazenada com várias associações ou chaves para desbloqueá-las. “Se encontrarmos apenas uma chave, poderemos recuperar toda a memória”, explica Laney.

Quando você se esforça para lembrar uma palavra, uma informação ou até mesmo o que você fez no fim de semana (porque essa pergunta surge em uma conversa fiada!), Tente estas coisas:

  • Fique quieto e relaxe.
  • Dê a si mesmo permissão para ficar quieto por alguns momentos. Não deixe a outra pessoa te apressar.
  • Compre o tempo dizendo algo como “Deixe-me pensar sobre isso” ou “Hmm, deixe-me ver …” Ou, dê um sinal não-verbal que mostre que você está pensando, como desviar o olhar e franzir levemente a testa.
  • Deixe sua mente vagar e ir onde quiser. Um pensamento pode levar a outro, e um desses pensamentos pode conter a chave para desvendar as palavras que você precisa da sua memória de longo prazo.

Se tudo o mais falhar e as palavras escaparem, não se sinta envergonhado – seu cérebro está fazendo o que lhe é natural, e isso é pausar e refletir. Se você está quieto, está em boa companhia com outros introvertidos de pensamento profundo; o brilhante físico Stephen Hawking disse certa vez: “Pessoas caladas têm as mentes mais barulhentas”.

Tente fazer brincadeiras sobre qualquer constrangimento, usando o humor para fazer luz do seu estado de língua amarrada. Ou diga que você está um pouco distraído agora, mas voltará a eles mais tarde – enviando um e-mail ou um texto.

Foto de Wang Xi no Unsplash

Fonte: The Science Behind Why Introverts Struggle To Put Their Thoughts Into Words

A sua introversão traz algum tipo de bloqueio para a sua vida pessoal ou profissional?

Eu sou uma Humanistic Professional Coach IHCOS®, e trabalho com introvertidos, criativos, e pensadores profundos auxiliando-os a conhecerem a si mesmos, desenvolverem autoestima, capitalizarem as suas forças pessoais e aprenderem  a como florescer em uma cultura amplamente extrovertida.

Gostou do que você está lendo? Assine aqui a nossa newsletter exclusiva.

Não enviamos spams.