Gerindo emoções difíceis através da escrita

Expressar, gerir e regular emoções e sentimentos é um assunto delicado para a maioria dos introvertidos. Neste contexto, a escrita expressiva pode ser uma grande aliada. Descubra como!

Como introvertido, admitir seus sentimentos a alguém, sejam eles positivos ou negativos, pode ser incrivelmente difícil. Entretanto, está tudo bem. Uma vez que todo mundo tem seu próprio nível de conforto quando se trata de discutir, expressar emoções, então nós não podemos esperar que todos sejam ou totalmente abertos ou totalmente relutantes em expressar emoções.

Por exemplo, você pode estar lidando com uma situação emocionalmente difícil, como a perda de um relacionamento ou o estresse no trabalho, e não conseguir falar sobre isso pode estar diminuindo significativamente as suas horas de sono ou minando a sua capacidade produtiva.

Se for muito fora da sua zona de conforto falar sobre como você se sente, recomenda-se que escreva!

“O melhor de tudo é poder escrever todos os meus pensamentos e sentimentos; se assim não fosse, já teria sufocado completamente.” — Anne Frank

Por que funciona?“

Muito embora escrever não seja apenas para introvertidos, muitos introvertidos gostam de escrever porque é uma atividade solitária e permite que eles mergulhem em seu mundo interior de pensamentos, sentimentos e ideias. O que faz com que usá-la como forma de expressão das emoções se adeque perfeitamente para eles. Aliado a isso, pesquisas no contexto da psicologia apontam que escrever sobre eventos traumáticos, estressantes ou emocionais resultam em melhorias tanto na saúde física quanto psicológica nas populações não-clínicas e clínicas.

O que é a Escrita Expressiva?

A escrita expressiva é a pedra angular das conexões de bem-estar e escrita. Se você não estiver familiarizado com a escrita expressiva, talvez esteja se perguntando: “O que é a escrita expressiva e como isso está relacionado ao meu bem-estar?”

A escrita expressiva literalmente vem do nosso núcleo. É uma escrita pessoal e emocional, sem levar em conta a forma ou outras convenções de escrita, como ortografia, pontuação e concordância verbal. A escrita expressiva não dá atenção à propriedade: ela simplesmente expressa o que está em sua mente e em seu coração.

A escrita expressiva presta mais atenção aos sentimentos do que os eventos, memórias, objetos ou pessoas no conteúdo de uma narrativa. Como a escrita narrativa, a escrita expressiva pode ter o arco de uma história: começo, meio e fim.

Quer compreender mais acerca de si mesmo? Preencha os seus dados e receba agora mesmo o seu eBook!

* indicates required

Por se tratar de uma forma de escrita que acessa as nossas emoções, aqui vai uma lista básica do que fazer e não fazer durante o processo:

O que fazer:

  • Encontre um horário e um lugar onde você esteja confortável e não seja perturbado.
  • Escreva sobre algo pessoal e importante para você.
  • Inclua seus sentimentos e emoções.
  • Releia sua escrita, se puder (às vezes isso pode parecer desconfortável e, nesse caso, você pode querer deixá-la por um tempo).
  • Reflita! Pergunte a si mesmo: alguma coisa surpreendente ou inesperada surgiu em minha escrita? Que novas ideias eu ganhei?
  • Faça o que quiser com a sua escrita depois – carregue-a com você, guarde-a em algum lugar seguro ou jogue-a fora. Cada ação causará um impacto em como você mentalmente se relaciona com o texto. É para ser querido? É importante? Você quer isso da sua vida?
  • Se você está preocupado com alguém encontrar sua escrita, não tenha medo de destruí-la depois. Simplesmente saber que você estará fazendo isso pode permitir um novo nível de liberdade e autenticidade com a sua escrita.

O que não fazer:

  • Preocupar-se com a ortografia, gramática ou estilo de escrita – esta não é a parte importante.
  • Escrever para outra pessoa – isso é só para você.
  • Censurar o que você está escrevendo.
  • Incluir apenas informações factuais.
  • Criticar a sua escrita ou tente racionalizá-la – às vezes não há problema em mantê-la, mesmo que não faça sentido.
  • Escrever sobre um tópico difícil ou emocionalmente carregado antes de estar pronto. Se for demais, deixe para outro dia.

Então, agora você sabe como usar a escrita para acessar e expressar emoções difíceis? Quando irá começar?

Fontes:

Baikie, K., & Wilhelm, K. (2005). Emotional and physical health benefits of expressive writing. Advances in Psychiatric Treatment, 11(5), 338-346. doi:10.1192/apt.11.5.333

Self-Expressive Writing Worksheets  – Positive Psycholog Program

Dúvidas, críticas ou sugestões, fale conosco!

A sua introversão traz algum tipo de bloqueio para a sua vida pessoal ou profissional?

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe aqui o seu comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Gosta do nosso conteúdo?

Assine agora e receba mensalmente as atualizações do nosso site!

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Nós não negociamos endereços de email! Você poderá sempre cancelar a sua subscrição!

Marta Leite - Life e Business Coach

Eu sou Marta Leite, mãe, esposa, Humanistic Professional Coach – IHCOS®, Keirsey Four Temperament Assesment Administrator, produtora e facilitadora de conteúdos de desenvolvimento pessoal para introvertidos e personalidades sutis. CEO fundadora do site Introvertidamente. Sou uma introvertida intuitiva de Carl Jung, uma INFJ do sistema Myers-Briggs e uma Idealista do sistema de personalidades Keirsey.