Introvertidamente

Minicurso Primeiros Passos Para Construir Autoestima

Parte 2 – Como nasce o seu crítico interno?

Então, por que você tem essa voz dentro de sua cabeça?

Porque isso ajuda você na vida. Sim, o crítico interno realmente o ajuda.

Isso ajuda você a alcançar as coisas e a se manter motivado. Isso ajuda você a se encaixar com as pessoas do seu mundo. Isso ajuda você a lidar com muitas situações na vida. Isso ajuda você a evitar muitas situações dolorosas. Protege você do medo do fracasso, do medo do sucesso, do medo da rejeição.

Isso reduz a ansiedade. Isso faz com que você se sinta mais seguro e mais confortável.

Portanto, há muitos benefícios que você obtém do crítico interno. Dá-lhe maneiras de lidar com a vida. Mas essas maneiras não são ideais e você pode substituí-las por alternativas melhores e saudáveis.

De onde vem a voz do crítico interno?

Você pode ter sofrido bullying no passado e pode ter internalizado e acreditou que essa circunstância é tudo culpa sua. Em outras palavras, você acreditou em quem fez bullying com você. E todos nós sabemos que pessoas que fazem bullying estão desajustadas e confusas. Elas não são as melhores pessoas em quem você deva confiar ou permitir lhe fornecer opinião sobre você e quem você é.

Muitos destes pensamentos foram verdade quando você tinha apenas dois anos de idade, e ainda o são hoje. Grandes são as chances de você ter começado a criar estes pensamentos críticos e estórias sobre si mesmo em uma tenra idade. Talvez os seus pais ou cuidadores ralharam com você e você internalizou pensamentos como: “Eu não sou valoroso, eu sou mau”. Então, você veio através da vida pensando isso repetidamente.

Agora, todos têm um crítico interno. Eu também.

E não é algo que você pode magicamente eliminar. Mas você pode aprender a gerir o seu crítico interno muito bem, para que ele não lhe cause muitos problemas. Você pode retomar o controle sobre sua vida e desarmar essa voz interior logo que ela aparece, em vez de deixá-la assumir o controle sobre você e restringir sua jornada na vida.

Curso autoestima“Tenha cuidado com os seus pensamentos autocríticos, porque elas limitam sua vida nas mais diferentes áreas. Quão bom não é saber que você pode se livrar deles? Quão libertador não é saber que os pensamentos e ações negativas das outras pessoas são apenas sobre elas próprias?”

Então vamos começar com isso.

Há três etapas para desarmar o seu crítico interno:

1.Descobrindo os temas de sua própria crítica.

Você pode fazer isso mantendo um diário de pensamento por um dia ou mais e analisando as anotações que você faz nesse diário.

2.Respondendo e analisando o seu crítico.

Você pode fazer isso usando duas técnicas básicas e efetivas que vou compartilhar no decorrer deste minicurso.

3.Substituindo o crítico interno por algo melhor.

Você fará isso encontrando maneiras mais saudáveis e melhores de obter o que você quer de você e da vida e lidar com situações difíceis.

Resumindo…

Os nossos pensamentos autocríticos existem por que eles também nos ajudam a nos mantermos em conformidade em algumas situações, e nos ajudam a corrigir coisas que não gostamos e nem desejamos em nós mesmos.

Eles surgiram da forma como interpretamos as nossas experiências com os nossos cuidadores na infância ou na adolescência. Bullying e outras experiências mais dolorosas podem também estar na raiz de um autocrítico muito contundente.

Saber disso é muito importante pois você pode escolher substituir os seus pensamentos mais enfraquecedores por pensamentos que lhe elevem e motivem. Pode parecer difícil, mas com o tempo pode se tornar um hábito.

Este processo pode ser feito obedecendo três etapas: descobrir o tema da própria autocrítica, responder e analisar este crítico, e substituí-lo por algo mais útil.

Vamos adorar ouvir você. Dúvidas, críticas e sugestões, por favor envie-nos através deste formulário!

Lições do Curso

  • Parte 1

    Seu crítico interno e como desarmá-lo

  • Parte 3

    Dialogando com seu crítico interno – 2 técnicas essenciais

  • Parte 4

    Disponível em breve!