Bem-Estar Saúde Mental

Timidez, Ansiedade Social e Depressão (os equívocos que permeiam o termo introversão I)

Timidez, Ansiedade Social e Depressão (os inimigos próximos da introversão II)
Timidez, Ansiedade Social e Depressão são palavras recorrentes quando o tema é introversão. Isso pelo fato dos introvertidos serem equivocadamente retratados como tímidos, ansiosos ou deprimidos. O que cada um destes termos significa e qual a relação deles com a introversão?
Timidez

Nem todos os introvertidos são tímidos e nem todos os tímidos são pessoas introvertidas. Existem extrovertidos tímidos, como Barbra Streisand. Timidez é a ansiedade sobre se conectar com outras pessoas e ser assertivo em situações sociais. De acordo com o site www.shyness.com, timidez deve ser definida experiencialmente como desconforto e/ou inibição em situações interpessoais que interfere na busca dos seus próprios objetivos pessoais e profissionais. É uma forma excessiva de foco em si mesmo, a preocupação com os próprios pensamentos, sentimentos e reações físicas.

Pode variar de um simples e suave constrangimento para uma total fobia social inibidora”. Timidez não é uma preferência, uma forma de processar estimulação, ou uma necessidade de conservar energia, como a introversão é. Timidez pode ser “consertada”, mas introversão não (porque não há nada para ser consertado). Pesquisas com introvertidos normalmente têm confundido isso com timidez, complicando o cenário.

Diferentes formas de processar a socialização

Timidez está relacionada com o medo de ficar embaraçado, envergonhado ou humilhado em situações sociais ou ser julgado de uma forma negativa. Situações sociais são vistas como uma ameaça. Para um introvertido uma festa pode ser vista como desconfortável – eles prefeririam estar fazendo outra cosa – mas a autoestima não está em questão como para as pessoas tímidas. Da perspectiva dos que estão de fora, o comportamento de introvertidos e pessoas tímidas podem parecer a mesma coisa, mas eles são motivados por diferentes fatores. A pessoa tímida numa festa diz, “eu realmente gostaria de ir falar com aquela mulher ali, mas eu tenho medo de que ela me rejeite.“ Um introvertido diz, “eu realmente gostaria de falar com aquela mulher ali, mas eu apenas não tenho energia no momento.”

A timidez embaralha a questão da introversão. Se você ultrapassa a timidez(ou o Transtorno de Ansiedade Social), então você pode ter um melhor entendimento de se você é um extrovertido ou um introvertido. O que significa ser curado de timidez pode se parecer muito com o que significa ser um extrovertido. Este viés reflete a dominação dos extrovertidos na cultura. Segundo o www.shyness.com, “metaforicamente, timidez é a contração da vida que enfraquece as conexões humanas.” Conexões humanas são tão importantes para extrovertidos quanto para introvertidos.

Transtorno de Ansiedade Social

É a forma de timidez clínica. Pessoas com ansiedade social têm medo de serem julgadas negativamente por outras pessoas e humilhadas. Eles podem ter ataques de pânico ou uma severa ansiedade quando eles estão ou quando antecipam estar em situações sociais. Sintomas como coração acelerado, aperto no peito, suores, e rubor podem ocorrer. Eles imaginam que os seus medos são excessivos em sem razão. O medo leva a evitação de situações sociais. Se eles não conseguirem evitar a situação, eles podem suportar isto com muita aflição e compensar esta aflição bebendo ou usando outras drogas. As evitações das situações sociais interrompem trabalho, rotinas diárias ou relacionamentos. Ansiosos sociais imaginam que outras pessoas têm pensamentos críticos sobre eles, falam pelas costas, procuram por defeitos. A ansiedade persiste mesmo quando é reconhecido que ela não procede.

Transtorno de Ansiedade Social é uma condição clínica tratável e pode afligir introvertidos e extrovertidos. Tratamentos efetivos que ensinam esses indivíduos a ultrapassar a ansiedade social estão disponíveis. Por exemplo, ao invés de evitar a situação temida eles poderiam se aproximar delas usando técnicas de relaxamento para gerenciar os sintomas da ansiedade. Expor-se a situação de medo mostra que nada catastrófico aconteceu, o que diminui o medo.

Depressão

Tanto introvertidos quanto extrovertidos podem ter depressão e experienciar a Depressão Clínica. Outras pessoas podem ver introvertidos como deprimidos quando eles estão com baixo nível de energia e não estão mostrando muita expressão facial. Você pode confundir seus próprios sentimentos de estar exausto com depressão, especialmente quando você está privado de sono. De fato, fadiga é um dos critérios clínicos para depressões maiores. Então, também, é difícil tomar decisões e se concentrar uma vez que isto pode enganar o cérebro como uma névoa.

Para ser diagnosticado com uma depressão maior, você precisa sentir tristeza ou perda de prazer por pelo menos uma semana. Você então necessita ter mais cinco sintomas adicionais, que podem incluir: fadiga(como já foi mencionado), alterações do apetite(aumento ou diminuição), alterações no sono(aumento ou diminuição), estar severamente mal disposto ou agitado, dificuldades de se concentrar ou tomar decisões(como já mencionado), baixa autoestima e pensamentos suicidas.

Distimia

É uma forma crônica de Depressão que é comumente menos severa do que um episódio de de depressão crônica mas persiste por mais de dois anos. Se você se sente bem após ter suficiente descanso e carregado suas baterias, você provavelmente não tem depressão.


Nota importante e referência bibliográfica:

Este conteúdo tem como referência o livro The Everything Guide To a Introvert Edge, de Arnie Kozak, e não poder usado para fins de qualquer tipo de diagnóstico. Para tal, deve consultar um profissional especializado em Saúde Mental.


Sua introversão tem afetado de alguma forma a sua vida, seja nas suas relações, família ou trabalho?

Gostaria de saber mais sobre a introversão e suas características?

Tem dúvidas ou sugestões?

Escreva-me pois eu posso ajudá-lo. Pergunte-me como enviando um email para introvertidamenteblog@gmail.com.

PODE TAMBÉM NOS ENVIAR SUA QUESTÃO ATRAVÉS DO FORMULÁRIO ABAIXO:

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Marta Leite

Marta Leite
Eu sou uma mãe, esposa, Life e Business Coach. Cradora do Programa "Além da Introversão". Uma introvertida intuitiva – INFJ - dos Tipos Junguianos. Uma apaixonada, entusiasmada e curiosa pelo Desenvolvimento Humano.

Deixe aqui o seu comentário!

%d bloggers like this: