Habilidades e Auto-aprimoramento Introversão

Um introvertido jamais mudará? (áudio-texto)

Um introvertido jamais mudará?
Escrito por Marta Leite

Você se sente preso na personalidade com que você nasceu? Como introvertido, você lamenta que não é mais extrovertido, menos preocupado, e simplesmente mais agradável para outras pessoas? Você teme que, à medida que envelhece, esteja ficando aquém de seus objetivos de ser tudo o que está acima? Se você quiser se tornar mais extrovertido, as pesquisas mostram que há esperança.


Ouça aqui o áudio completo deste artigo!
Também disponível no Soundcloud!


No que acreditamos acerca da flexibilidade da nossa personalidade?

Há uma tendência para as pessoas acreditarem no velho ditado do famoso psicólogo William James. Ele afirmou que a personalidade é definida em gesso até os 30 anos de idade. Pode também ser atraído pela perspectiva freudiana de que nossa personalidade é determinada por volta dos 5 anos (talvez 12). De qualquer maneira, você pode se sentir desesperançado sobre nunca ser o tipo de pessoa que você imaginou poder ser.

Por outro lado, a motivação para mudar a sua personalidade poderia ser a inspiração que você precisa para movimentar-se. O passo mais difícil no processo de mudar a sua personalidade é reconhecer que essa mudança irá torná-lo mais feliz. Decidido isso, você poderia teoricamente embarcar num programa de atividades estruturadas que o levaria aonde quer estar naqueles traços desejados. A única coisa que o prende, nesse ponto, é a convicção de que a personalidade de ninguém jamais pode mudar.

A tentativa falhada de Trump.

Considere o episódio de abril de 2016 envolvendo Donald Trump durante sua corrida para a nomeação republicana para o presidente dos EUA. Depois de vencer a primária do Estado de Nova York, os conselheiros de Trump declararam que ele agora se instalaria em uma “personalidade presidencial”. Ele iria se tornar mais gentil, amável e mais considerado em seus pensamentos, comentários e comportamento geral. Este anúncio levou a um considerável ceticismo entre os analistas políticos, que eram eles próprios da crença de que a personalidade é basicamente imutável.

Trump poderia parecer, no exterior, mais suave e mais pensativo, argumentavam, mas seu estilo agressivo e combativo nunca poderia mudar. Na verdade, a decisão de Trump de mudar durou apenas um dia ou dois. Em pouco tempo, ele estava anunciando que se ele tivesse projetado uma imagem mais Presidencial, ele não teria chegado tão longe quanto chegou. A falta de vontade ou a incapacidade de se transformar de Trump só confirmou a crença popular de que ninguém pode realmente mudar, mesmo se eles acreditassem, como no caso de Trump por um curto período de tempo, que isso era vantajoso para eles.

Por que  a tentativa de instalar uma nova personalidade de Trump falhou?

Reforçar essa visão da personalidade como estável é a essência geral não apenas de James, Freud e Trump, mas de uma das mais bem conhecidas teorias no campo da personalidade no momento. De acordo com o modelo dos Cinco Fatores(Big Five), como originalmente conceituado, você pontua alto ou baixo praticamente ao nascer em um conjunto de cinco traços básicos e que cada um tem seis sub-traços ou facetas. Parte de sua constituição psicológica, assim como a cor do seu olho, é a sua posição sobre essas 30 qualidades. É um garoto tímido? Você é obrigado a ser um adulto introvertido. Nunca fez a sua cama apesar dos lembretes constantes da sua mãe? Então você possui baixa pontuação em ser consciencioso com certeza, e será sempre condenado a viver uma vida desleixada.

Com isso dito, o que você gostaria realmente de mudar? Com toda a probabilidade, um dos traços que você gostaria de mudar sobre si mesmo é o quanto você é introvertido ou extrovertido. Em uma sociedade que valoriza os extrovertidos, ser capaz de socializar facilmente muitas vezes parece ser uma característica desejável para se ter. Se isso é verdade ou não é outra questão, mas, se você sentir que o seu interior extrovertido precisa equilibrar o seu exterior introvertido, pode parecer um passo desejável a tomar.

Felizmente, a visão de que a personalidade é imutável está mudando.

A teoria de que a mudança de personalidade é possível, e realizável, foi posta à prova em um par de experimentos conduzidos pelos psicólogos da University of Illinois at Urbana-Champaign, Nathan Hudson e Christopher Fraley (2015). Graduandos de um curso de psicologia da personalidade participaram de 16 semanas de intervenção intensiva em que foram treinados em fazer as mudanças que desejavam em suas personalidades sobre os traços dos Cinco Fatores(Big Five). No início da intervenção, os alunos indicaram que sim, desejavam pontuar mais elevado nas características onde receberam inicialmente baixas pontuações. De fato, as pessoas que queriam mudar a extroversão (isto é, tornarem-se mais extrovertidas) realmente pareciam se tornar mais extrovertidas. Mudanças em 3 dos outros 4 traços (a exceção foi abertura para a experiência) também ocorreram para aqueles que queriam mudar esses traços.

Obviamente, então, é mais do que a introversão que pode mudar ao longo do tempo, uma vez que as pessoas neste estudo pareciam ser capazes de alterar sua estabilidade emocional, amabilidade e conscienciosidade também. As descobertas para introversão/extroversão, no entanto, pareciam um pouco mais robustas. Em particular, as pessoas que queriam se tornar mais extrovertidas aprenderam maneiras de agir de uma forma mais extrovertida. Por sua vez, seus comportamentos mais extrovertidos pareciam alterar suas próprias auto-avaliações de como eram extrovertidas.

A chave para a mudança é criar um plano de ação – e agir.

A chave para a mudança, como observado por Hudson e Fraley, é fazer um plano específico para mudar comportamentos específicos. Não basta dizer que você vai ser “mais extrovertido e sociável”. Em vez disso, decidir que neste dia específico, você vai fazer o esforço para iniciar uma interação com alguém que você não conhece muito bem. Você vai chamar a pessoa que você conheceu recentemente e se organizar para ir a algum lugar juntos. A intervenção de mudança não funcionou quando era geral; somente quando foi especificamente ligada a um comportamento real que a pessoa poderia decretar.

Depois de começar a mudar esses comportamentos, você começará a mudar a maneira como você se vê. Essa mudança na identidade pode fornecer a chave para a mudança de traços de personalidade. Você muda a narrativa de “Eu sempre fui um introvertido” para “Eu geralmente me comportei de maneira introvertida”. Ver-se como responsável por sua personalidade, em vez de ser comandado por ela, pode ser a chave para você defini-la ao invés de ser definido por ela.

Em suma, realização exige que às vezes saiamos de nossas zonas de conforto de quem pensamos que somos. Se você quiser mudar a sua personalidade, você pode assumir a responsabilidade desse processo. Faça isso concentrando-se naqueles comportamentos que podem mudar sua auto-definição e sua felicidade com quem e o que você é.


Traduzido e adaptado de: Can an Introvert Ever Change? – If you want to become more extraverted, research shows there’s hope – Psychology Today


CURTA TAMBÉM  A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E PARTICIPE DO NOSSO GRUPO:

GRUPO: Grupo Introvertidamente no Facebook.

PÁGINA: Facebook/introvertidamente


PODE FAZÊ-LO TAMBÉM ATRAVÉS DO FOMRMULÁRIO ABAIXO:

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Marta Leite

Marta Leite
Eu sou uma mãe, esposa, Life e Business Coach. Uma introvertida intuitiva – INFJ - dos Tipos Junguianos. Uma apaixonada, entusiasmada e curiosa pelo Desenvolvimento Humano.

Deixe aqui o seu comentário!

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d bloggers like this: